Artigos e Notícias

Idosos e tecnologias


“Quero mandar mensagens para meu filho e não sei como fazer”, “Agora o laboratório só vai enviar os exames por e-mail, e eu não tenho um”, “Como eu ligo pra minha filha que está morando nos Estados Unidos? ”, “Não consigo digitar neste celular novo”, “Onde desliga? ”, “Gostaria de ver as fotos da família no Facebook”.

Estes são apenas alguns dos questionamentos que muitos idosos fazem ao se depararem com “novas” situações que envolvem as tecnologias como solução , mas que que se tornam um grande problema, se a população ainda não sabe utilizar o recurso tecnológico em mãos. Idosos podem aproveitar as tecnologias a seu favor, e com o devido suporte terão benefícios na comunicação, na integração social, e mesmo na saúde física, emocional e cognitiva.

Embora existam milhares de aplicativos e sistemas disponíveis para download, muitos deles não foram pensados no contexto da acessibilidade, que permite à um número maior de pessoas fazer uso de seus recursos, independente da necessidade. Detalhes como letras maiores, controle de som, legendas, instruções simples e objetivas, opções de cores com maior contraste e ou para daltônicos, menus de opções organizados para rápido acesso, são recursos fundamentais para que o equipamento seja acessível.

Profissionais da área tecnológica qualificados podem orientar o público idoso para conhecer os recursos disponíveis e adequados, que melhorem a comunicação com suas famílias e amigos, e principalmente para que comecem a se empoderar destes “novos” recursos.

Outras tecnologias ainda podem ser apresentadas aos idosos, como os jogos. Embora muitos nunca tenham jogado ou acreditem que são apenas um passatempo e um desperdício de tempo, na verdade, é cientificamente comprovado que muitos jogos digitais trabalham diferentes habilidades como concentração, raciocínio, percepção visual, aprendizado, memória, tomada de decisão, coordenação e equilíbrio físico. Essas e outras habilidades são desenvolvidas de forma lúdica, permitindo ainda momentos de lazer e ganhos emocionais, que contribuem positivamente para quadros de depressão leve, aumento de humor, redução da ansiedade e da sensação de solidão.

Os idosos que frequentam o Centro Dia Pasárgada na Aclimação contam com essas orientações e recursos tecnológicos semanalmente. Com o apoio e orientação de Ana Nakamura, a atividade com tecnologia é proposta de acordo com o desejo de cada idoso, respeitando seu tempo e afinidade com as diversas possibilidades de aplicativos ou jogos digitais, sejam tablets, celulares ou videogames.

A tecnologia existe para ser nossa aliada e facilitar a vida a vida das pessoas, para isso basta se abrir para a ideia e buscar o apoio necessário com orientação adequada.

#atividadeparaoidoso

Destaques
Arquivos
Siga me
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon